Caminhoneiros fazem protesto e atravessam carreta no CIA-Aeroporto

De acordo com a PRE, além da carreta, 12 caminhões estão no local

Um caminhoneiro fechou um dos guichês do pedágio da BA-526, conhecido como CIA-Aeroporto, no sentido Salvador, na manhã desta segunda-feira (4), por volta das 6h50. O veículo foi retirado do local por volta das 7h30 por agentes da Polícia Rodoviária Estadual.

De acordo com a Concessionária Bahia Norte, que administra o trecho, o caminhoneiro protestava contra a cobrança de pedágio pelo eixo suspenso dos caminhões vazios, um dos itens de negociação para o fim da greve da categoria nos programas estaduais.

Por meio de nota, a Associação Brasileira de Concessionárias de Rodovias (ABCR) disse que as concessionárias do Paraná, Pernambuco e Rio de Janeiro passaram a isentar o pagamento de pedágio para os eixos suspensos de caminhões vazios.

A entidade destacou, entretanto, que os governos da Bahia e São Paulo, estados onde ainda é cobrada a tarifa pelo eixo suspenso do caminhão vazio, ainda não formalizaram qualquer orientação sobre o tema. “As concessionárias aguardam o direcionamento, esperando o cumprimento dos contratos entre poder concedente e concessionárias”, informou em nota.

A concessionária Bahia Norte diz que todos os aspectos relacionados a um contrato de concessão de rodovia, como localização de praças de pedágio, preço de tarifas e isenções, são definidos pelos governos federal, estaduais, municipais e suas agências reguladoras, cabendo às concessionárias a tarefa de implementá-los.

Em contato, o governo do estado disse que vai autorizar a isenção quando o terceiro eixo dos caminhões estiver vazio. O governo acrescentou que a autorização está em trâmite.

Compartilhar