Ônibus não irão circular no domingo, diz diretor do sindicato dos rodoviários

Os coletivos não irão circular no domingo, 19, em Salvador. A informação foi confirmada por Daniel Mota, diretor do sindicato dos rodoviários, após assembleia realizada na manhã desta quinta, 17.

A medida acontece porque, segundo o dirigente, o patronato não oferece ajuste salarial para a categoria, que está em estado de grave. “A população pode ficar em casa, fazendo uma reflexão, uma caminhada, porque domingo não terá ônibus”, afirmou ele, pedindo que os passageiros entendam a situação. “Não queremos prejudicar ninguém”, disse Mota, sugerindo que os usuários que vão trabalhar façam uso de “carona solidária”.

Nesta quarta, 16, uma mesa de negociação entre os rodoviários e o patronato, mediada na Superintendência Regional do Trabalho e Emprego (SRTE), foi suspensa depois de não ocorrer um acordo entre as partes. Uma nova rodada foi marcada para segunda, 21, na sede do órgão, na avenida Tancredo Neves.

O sindicato da categoria pede 6% de reajuste na remuneração e aumento de 10% no tíquete. O patronato, no entanto, afirma que não tem condições de arcar com os custos.

No mesmo dia, os rodoviários fizeram uma paralisação parcial nas garagens do Consórcio OT Trans (Integra verde). Cerca de 900 coletivos ficaram sem circular no meio da cidade.

Compartilhar