Meia tonelada de maconha e R$ 55 mil são apreendidos em Irecê

Droga foi achada em Irecê após suspeito ser abordado pela polícia em Riachão do Jacuípe, na Bahia. Homem é apontado como maior distribuidor de drogas da região.

uase meia tonelada de maconha foi apreendida em uma casa na cidade de Irecê, no norte da Bahia, após a polícia encontrar vídeos da droga no celular de um homem durante uma abordagem, na cidade de Riachão do Jacuípe, distante cerca de 190 km de Salvador.

Conforme a Polícia Civil, Daniel Santana Miranda, 39 anos, é o dono dos 430 kg de maconha achados na casa dele. O homem é apontado pela polícia como um dos maiores produtores e distribuidores da droga na região de Irecê. Também foram encontrados e apreendidos no imóvel dele R$ 55 mil em espécie.

Foi preciso usar três caminhonetes da polícia para transportar a maconha encontrada com o suspeito até a delegacia.

De acordo com informações da Polícia Civil, a droga e o dinheiro foram localizados depois que o suspeito, identificado como Daniel de Santana Miranda, foi abordado em uma blitz da Polícia Militar, em Riachão do Jacuípe.

Daniel Miranda tinha um mandado de prisão em aberto e foi levado para a delegacia da cidade, onde foi constatado que a determinação da Justiça não era mais válida. No entanto, durante uma revista no celular do suspeito, foram encontrados vídeos que mostravam uma grande quantidade de maconha na casa dele, em Irecê.

Daniel Miranda é apontado pela polícia como um dos maiores traficantes da região (Foto: Divulgação/Polícia Civil)

Daniel Miranda é apontado pela polícia como um dos maiores traficantes da região (Foto: Divulgação/Polícia Civil)

Com isso, policiais de Irecê foram acionados e se deslocaram até a casa do suspeito. No local, segundo a polícia, além da droga e do dinheiro, foram achados comprovantes de transferências bancárias em valores altos e escrituras de imóveis adquiridos recentemente pelo suspeito.

Daniel foi autuado em flagrante por tráfico de drogas e associação para o tráfico de drogas, e, em seguida, foi encaminhado para a Delegacia de Irecê, onde está à disposição da Justiça.

Foi preciso usar três caminhonetes da polícia para carregar a droga (Foto: Divulgação/Polícia Civil)

Foi preciso usar três caminhonetes da polícia para carregar a droga (Foto: Divulgação/Polícia Civil)

Compartilhar