Globo manda diretor consertar erro e desativar ‘robô’ de Bruna Marquezine

Nos próximos capítulos, as interpretações perderão o ranço teatral e ficarão mais realistas.

bruna_marquezine_deus_salve_o_rei_

A Globo vai promover mudanças na novela das sete, Deus Salve o Rei, antes mesmo de realizar pesquisas com telespectadores, os chamados grupos de discussão, que apontam supostos equívocos e rumos a seguir. Nos próximos capítulos, as interpretações perderão o ranço teatral e ficarão mais realistas.

O ajuste afetará principalmente a atuação de Bruna Marquezine, intérprete da vilã Catarina, alvo das críticas mais duras até agora. Ela ficará mais natural, desativará o “robô” que jornalistas especializados e telespectadores mais exigentes perceberam logo no primeiro capítulo.

Para a cúpula da Globo, a opção pela interpretação impostada da maioria dos atores de Deus Salve o Rei foi um erro que o diretor-artístico da novela, Fabricio Mamberti, já reconheceu e está empenhado em corrigir. O “robô” Marquezine, portanto, não foi uma criação da atriz. E deve desaparecer.

Simultaneamente às adequações na direção, a produção das sete também sofrerá ajustes no roteiro. O autor Daniel Adjafre passará a escrever mais cenas para os personagens Amália (Marina Ruy Barbosa), Afonso (Romulo Estrela) e Catarina.

Essa era a proposta da sinopse da novela, que se dispersou pela necessidade de apresentação de todos os personagens. Nas próximas semanas, contudo, aumentarão os confrontos entre Amália e Catarina.

Apesar das correções de rumo pouco mais de um mês e meio após a estreia, a cúpula da Globo está tranquila com os números da novela. No Ibope da Grande São Paulo, Deus Salve o Rei tinha até o último sábado média de 25,1 pontos, mais do que Rock Story (24,2) com os mesmos 29 capítulos. No ar um ano atrás, Rock Story atravessava as mesmas fases e festas do calendário.

O mais preocupante da trama medieval da Globo é que sua média vem caindo gradativamente. De 26,4 pontos na primeira semana, baixou para 23,9 na passada.

Os grupos de discussão com telespectadores típicos da faixa das 19h serão realizados nos últimos dias do mês, quando esses ajustes já deverão ser sentidos.

Compartilhar