Família contesta informação da SMS de morte cerebral e diz que jovem ‘está bem’

kaique abreu

Um jovem de 22 anos foi hospitalizado após ser agredido próximo ao circuito Dodô (Barra-Ondina) na última sexta-feira, 9. A Secretaria de Saúde de Salvador (SMS) informou na noite desta segunda-feira, 12, que Kaique Abreu teria tido morte cerebral, mas a família contesta a informação.

Um primo da vítima, que preferiu não ser identificado, entrou em contato com a redação e esclareceu que o rapaz chegou a ficar em estado grave, mas que já se recupera no Hospital Português, na Barra. De acordo com o familiar, o jovem está “vivo e bem”.

Ainda segundo o familiar, Kaique se perdeu na última sexta, durante o Carnaval, e foi espancado por dois homens no bairro da Graça, que fica próximo do circuito Dodô.

A Polícia Civil informou que a família conseguiu imagens da agressão e que o órgão busca outros vídeos do caso para tentar identificar os agressores. O caso é investigado pela 14ª Delegacia de Polícia (DP) da Barra.

Compartilhar