Portais de Abordagens já apreenderam 263 objetos proibidos e 163 armas brancas

portais de abordagem

Cerca de 430 objetos proibidos, entre talheres, partes de bengalas, guarda-chuvas, utensílios com potenciais perfurocortantes ou contundentes (como ferramentas), e armas brancas foram retidos nos 42 Portais de Abordagens montados nos acessos aos três principais circuitos do Carnaval 2018, na capital baiana. Nos quatro dias de festa, incluindo o domingo (11), cerca de um milhão de pessoas já passaram pelos acessos. As abordagens renderam a apreensão de 163 armas brancas (facas), além de outros 263 instrumentos que poderiam ser utilizados para provocar dano físico aos foliões.

De acordo com o um dos coordenadores dos portais de abordagens, o comandante da Operação Gêmeos, major PM Gabriel Neto, além dos objetos com potencial lesivo retidos, também foram apreendidas 14 porções com substâncias análogas a entorpecentes (maconha, cocaína ou crack). “O folião deve evitar materiais que possam ser utilizados como instrumentos de agressão”, alertou o oficial.

Conheça abaixo a lista de itens proibidos:

Facas, garfos, cacos de vidro, alicates de unha ou qualquer outro objeto perfurocortante

Espetos de churrasco, incluindo os de madeira

Ferramentas (martelo, serrote, tesouras, chaves de fenda etc)

Armas, explosivos e munição de qualquer calibre.

Drogas e produtos ilícitos (maconha, cocaína, lança-perfume, dentre outros)

Brincos, argolas e pulseiras de materiais metálicos que possam ser transformados em aparatos para agressão.

Compartilhar