Rui eleva o tom e ataca jornal da família de ACM Neto: “Aquele tablóide”

O governador Rui Costa (PT) eleveu o tom e atacou esta manhã o jornal da família do prefeito ACM Neto (DEM), o Correio, chamando o veículo de comunicação de “tablóide”. Ele rebatia a informação, publicada por uma coluna do jornal, no último sábado, dando conta de que o secretário estadual de Segurança Pública, Maurício Barbosa, deixaria o cargo após o Carnaval. “Aquilo não é um jornal. Aquilo é um tablóide de uma familia, então, normalmente, não respondo a este tablóide. Não é um jornal, é um veículo de comunicação de uma pessoa que controla o jornal”, disse Rui durante a inauguração da estação Pernambués do metrô, referindo-se ao prefeito, seu maior adversário político na Bahia e possível candidato à sucessão estadual de outubro.

A coluna disse que Barbosa poderia deixar o cargo por iniciativa própria, “por cansaço no cargo”, ou devido a supostas denúncias relacionadas a policiais escolhidos para compor um grupo de elite na secretaria. No entanto, no governo, a publicação foi vista como uma provocação, porque, além de não haver conversas no sentido da saída do secretário, a nota veio a público no dia seguinte a uma declaração do prefeito, criticando a situação da segurança pública no Estado.

Compartilhar