Rui Costa fala sobre seu posicionamento na segurança pública: “Sou rigorosamente contra essa permissividade que a lei brasileira tem”

Segundo o líder do executivo estadual, o ser humano precisa entender o que são limites

rui costa

Em entrevista ao INFORMA1 na tarde desta terça (09) , o governador Rui Costa comentou seu posicionamento sobre segurança pública. Segundo o líder do executivo estadual, o ser humano precisa entender o que são limites, “Se desde de cedo não ensinarmos para as crianças o que são limites, elas terão problemas. Elas precisam entender que muitas opções de vida podem custar caro”, explicou o governador.

Rui também falou sobre o atual código penal: “Eu sou contra que alguém que cometa um homicídio em dois ou três anos esteja em liberdade. Isso é uma violência contra a sociedade e isso na minha opinião tem estimulado essa atrocidade que é sessenta, setenta mil homicídios no Brasil. Tudo por causa de uma lei frouxa de um sistema que favorece muito mais quem vive de soltar presos.”

Questionado sobre se seu posicionamento não assusta membros do PT, Rui explicou que no partido muitos tem opiniões diferentes:O partido chegou até aqui com opiniões diferentes e nem todos pensam da mesma forma. Eu sou contra a pena de morte. Quem nos dá vida é Deus e só ele pode tirar, mas sou rigorosamente contra essa permissividade que a lei brasileira tem. Acho que a pessoa que tirar a vida de alguém tem que saber que ficará vinte, trinta anos sem regalias. Se a lei no Brasil fosse mais rigorosa teríamos menos crimes.” finalizou.

Compartilhar