Suíca: Encontro do MST em Salvador esquenta ano eleitoral e a luta por reforma agrária

O vereador de Salvador, Luiz Carlos Suíca (PT), um dos políticos baianos que defendem o Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), destacou, nesta segunda-feira (8), a participação da militância no encontro estadual que será realizado esta semana na capital baiana – de quarta (10) a domingo (14). Conforme o edil petista, a luta por terra e por direitos fundamentais no campo e na cidade são algumas das bandeiras que se confundem com sua atuação na vida pública. “Defendo o direito de todos os grupos organizados se manifestarem e o encontro do MST é também um modo de protestar e de dar visibilidade às causas do movimento. A reforma agrária popular, a luta contra a opressão do agronegócio, a favor de direitos LGBTs, desenvolvimento da juventude, além de projetos de infraestrutura, esporte e lazer para acampamentos e assentamentos são algumas dessas causas”, frisa o vereador.

 

Ainda conforme o edil, a posição do MST sempre foi decisiva para direcionar outros movimentos sociais e sindicais. Suíca volta a defender a união dos grupos de esquerda no país para apoiar o povo trabalhador. “O preconceito e a discriminação contra os sem-terra são históricos neste Brasil. E são esses trabalhadores que produzem alimentos para nós, são eles que equilibram a balança comercial neste país, precisamos desenvolver mais os setores produtivos, o que Lula fez em seus governos, e vai fazer novamente quando voltar a governar. E terá a força da militância petista e de movimentos como o MST para isso”, completa Suíca. O vereador salienta que há uma necessidade social de um governo voltado para o povo no Brasil.

 

“É que o povo pobre precisa voltar a ter três refeições diárias, em quase dois anos de golpe, o Brasil parou e só direcionou seus recursos para os empresários, ricos e detentores do poder e da hegemonia econômica, além de velar a corrupção e frear as investigações contra corruptos. Temos de voltar a defender o povo, e o povo tem de ir para as ruas, mobilizar e não deixar que esse governo de Michel Temer venda todo nosso patrimônio para os estrangeiros. Em Salvador, vamos lutar para que Lula e o PT tenham uma votação expressiva e derrotem os apoiadores do golpe e do governo de Temer”. Suíca também diz que o MST será fundamental na retomada da democracia. “Tem força para ajudar a esquerda a se reerguer no Brasil”, finaliza.

Compartilhar