Região de Cajazeiras terá estação de metrô em dois anos

Terminal de Águas Claras/Cajazeiras receberá 100 mil acessos diários

A região de Cajazeiras ganhará uma estação do metrô até meados de 2020. Os terminais Brasilgás e Águas Claras/Cajazeiras, que serão licitados até o final do mês, devem estar prontos no segundo semestre de 2020. As estações fazem parte da Linha 1 do metrô, que vai, atualmente, da Lapa até Pirajá, com oito pontos de paradas.

As duas novas estações estarão ligadas à de Pirajá, no lado esquerdo da BR-324 sentido Salvador – Feira de Santana, com início no km 622, em Pirajá, e final no km 616, próximo ao viaduto de Águas Claras. Com elas, que têm cinco km de extensão, a Linha 1 passará a ter 17,5 km totais. As duas linhas de metrô, juntas, terão 42 km com a inauguração das estações.

PUBLICIDADE        

As estimativas foram informadas passadas nesta sexta-feira (05) pelo presidente da Companhia de Transportes do Estado da Bahia (CTB), José Eduardo Copello, que explica que as duas estações têm 5km de extensão e que a licitação que será lançada ainda em janeiro prevê dois anos de obras. De acordo com ele, a estimativa é de 100 mil acessos diários na estação de Cajazeiras.

Metrô
Atualmente, Salvador conta com 19 estações de metrô. Na Linha 1, o transporte percorre as paradas da Lapa, Campo da Pólvora, Brotas, Bonocô, Acesso Norte, Retiro, Bom Juá e Pirajá. Com a integração na Acesso Norte, o passageiro pode ter acesso à Linha 2, que conta com as estações do Detran, Rodoviária, Pernambués, Imbuí, CAB, Pituaçú, Flamboyant, Tamburugy, Bairro da Paz e Mussurunga.
Além dos terminais de Brasil Gás e Águas Claras/Cajazeiras, o metrô também ganhará as estações de Aeroporto e Lauro de Freitas. A primeira será inaugurada para passageiros no mês de março e a segunda não tem previsão. “Um primeiro teste na estação Aeroporto foi realizada no dia 21 de dezembro, e foi um sucesso. Agora questões acessórias da obra deve iniciar, como o funcionamento com trens vazios. Ela entrará em operação para passageiros no mês de março”, afirmou Copello.

De acordo com a CCR, empresa concessionária do metrô, a Estação Lauro de Freitas só será licitada quando a estação Aeroporto atingir 6 mil passageiros hora/pico durante seis meses. O governo, no entanto, pode antecipar a construção do ponto de parada.

Compartilhar