Ex-integrante do baralho do Crime é morto e policiamento é reforçado na Cidade Baixa, em Salvador

Jovem tinha 22 anos e era o nove de espadas do Baralho do Crime. Ele havia sido preso em setembro.

rodrigo ferreira

Preso no início de setembro deste ano por suspeita de tráfico de drogas, Rodrigo Ferreira do Bomfim, de 22 anos, foi morto a tiros no final da tarde de segunda-feira (13), nas proximidades do Clube Itapagipano, no bairro do Bonfim, em Salvador.

PUBLICIDADE        

As circustâncias da morte de Rodrigo estão sob investigação. Segundo a PM, o policiamento foi reforçado em toda a Península Itapagipana, como forma de prevenção a possíveis represálias de comparsas do suspeito morto.

Rodrigo era ex-integrante do ‘Baralho do Crime’ da Secretaria de Segunça Pública da Bahia (SSP-BA) e foi o ‘Nove de Espadas’ em agosto. Ele atuava nos bairros da Massaranduba e Uruguai e era responsável também por homicídios, de acordo com a SSP.

Caso

Rodrigo foi preso no dia 5 de setembro, em um condomínio de luxo, localizado na Orla da Atalaia, em Aracaju (SE). Segundo a SSP, ele levava uma vida com alto padrão em um condomínio luxuoso na capital sergipana.

No mês de agosto, ele se tornou o Nove de Espadas do Baralho do Crime, que é uma ferramenta utilizada pela polícia baiana para estimular a participação popular na captura dos maiores criminosos do estado.

Compartilhar