Suspeito de matar jogador de basquete em Salvador, policial militar se apresenta em delegacia

Suspeito alegou 'legítima defesa', segundo a polícia.Vítima de 30 anos era da Bahia, mas morava no Rio de Janeiro com mulher e filho.

suspeito

O suspeito de matar o jogador de basquete amador Edinei Moreira se apresentou no Departamento de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP), em Salvador, na tarde desta quinta-feira (9), com dois advogados. Conforme a Polícia Civil, Frederico Santos Costa, de 38 anos, é policial militar e na já tinha um mandado de prisão contra ele desde segunda-feira (6).

PUBLICIDADE        

Através de nota, a Polícia Civil disse que o suspeito alega que agiu em legitima defesa. “Frederico diz que foi ameaçado por Ednei e seus amigos, por isso acabou atirando no jogador”, contou o delgado Jose Bezerra Junior, diretor do DHPP, que conduziu o interrogatório.

Ainda de acordo com a polícia, dez testemunhas ouvidas no DHPP disseram que Frederico e a vítima discutiram por causa de um balde com cervejas, por volta das 3h30 da manhã e que, ao sair do estabelecimento, o policial perseguiu a vitima e deflagrou um tiro, de pistola ponto 380, de propriedade do soldado, que acertou Ednei.

Baiano era jogador de basquete e morava no Rio de Janeiro (Foto: Reprodução/ Redes Sociais)

Baiano era jogador de basquete e morava no Rio de Janeiro (Foto: Reprodução/ Redes Sociais)

Segundo a Polícia Civil, investigadores estiveram na casa do suspeito nesta quinta-feira e ele não estava na residência. No final da tarde, Frederico foi ao DHPP. A família da vítima, que tinha 30 anos, já tinha dito à imprensa que o suspeito seria um PM. Por meio de nota, a Polícia Militar informou que vai aguardar a informação oficial da Polícia Civil, para que as medidas cabíveis sejam adotadas.

Edinei morreu após ser baleado no Largo de Santana, no bairro Rio Vermelho, no último domingo (5). Na ocasião, um amigo de Edinei, José Raimundo de Jesus Ribeiro, de 29 anos, foi atingido no peito e no pé. Um vendedor ambulante, identificado como Ruy Moreira Bispo, de 61, também foi baleado. Os dois foram levados para o HGE. O estado de saúde deles não foi divulgado pelo hospital.

Jogador de basquete foi enterrado na tarde desta terça-feira (7), em Salvador (Foto: Giana Mattiazzi/TV Bahia)

Jogador de basquete foi enterrado na tarde desta terça-feira (7), em Salvador (Foto: Giana Mattiazzi/TV Bahia)

De acordo o DHPP, que investiga o caso, Edinei era baiano e estava em Salvador a passeio. Ele morava no Rio de Janeiro com esposa e filho. O departamento não soube informar quando a vítima chegou à capital baiana. Edinei foi sepultado às 16h de terça-feira (7), no Cemitério Quinta dos Lázaros, em Salvador.

Times de basquete amador postaram mensagens de pesar nas redes sociais e decretaram luto pela morte de Edinei. Uma das equipes, o Zero21 Basketball, da cidade de Porto Real, no Rio de Janeiro, escreveu: “É difícil achar palavras neste dia tão triste para nós!!! Vamos sempre lembrar do seu jeito irreverente que nos alegrava! Descanse em PAZ Edinei Moreira! Que Deus possa confortar amigos e parentes neste momento tão difícil!”.

Caso

Edinei e o amigo foram atingidos após uma discussão depois que saíram de uma casa de shows do Rio Vermelho na madrugada de domingo. Ele foi socorrido por populares para o Hospital Geral do Estado (HGE), mas não resistiu aos ferimentos.

Um funcionário da casa de shows, que não quis se identificar, contou que a confusão começou no primeiro andar do local. Depois, o grupo de homens desceu e continuou discutindo na calçada. Um homem, que ainda não foi identificado, efetuou vários disparos, que atingiram Edinei Moreira, um amigo dele e um vendedor ambulante.

Imagens gravadas por uma câmera de segurança de um estabelecimento no Largo de Santana, registraram a movimentação no Largo de Santana, onde ocorreram os disparos.

Compartilhar