Mariah Carey é acusada de assédio sexual por ex-segurança, diz site

Mariah Carey pode ter problemas judiciais à vista. Um ex-segurança da estrela está ameaçando processá-la por discriminação e assédio sexual, de acordo com o site TMZ.

Mariah Carey

PUBLICIDADE        

 

Michael Anello, proprietário da empresa de segurança que prestou serviços para Mariah de junho de 2015 a maio de 2017, alega que a cantora humilhou ele e um colega chamando-os por termos ligados a grupos de ódio, como “nazi”, “skinhead” e “supremacista branco”.

Compartilhar