Após 15 anos, RedeTV não renova contrato e Amaury Jr. sai do ar em dezembro

É o fim (temporário) de uma era: a do colunismo social televisivo. Seu maior expoente sai do ar no próximo mês, quando seu contrato vence com a RedeTV. A emissora não vai renová-lo, segundo esta coluna apurou.

Amaury Jr

PUBLICIDADE        

O “Programa Amaury Jr.” deixa a grade da RedeTV após 15 anos ininterruptos no ar.

A notícia pegou de surpresa o apresentador, que afirmou à coluna ter uma reunião marcada amanhã na sede da RedeTV! com seu presidente, Amílcare Dallevo, e o vice, Marcelo de Carvalho, para discutir a situação. Segundo ele, o contrato vence em 8 de dezembro.

Extra-oficialmente a emissora considera que o programa já cumpriu seu papel, mas a realidade envolve a crise econômica e os investimentos cada vez menores por parte de anunciantes.

Amaury não deve ficar muito tempo fora da TV, já que, segundo esta coluna apurou, vinha sendo sondado recentemente para retornar à Band.

Considerado o mais famoso ícone do colunismo social, Amaury de Assis Ferreira Júnior nasceu em Catanduva, 67 anos atrás, estudou direito, mas enveredou pelo mundo da alta sociedade na vizinha São José do Rio Preto, onde comandou uma revista, além de assinar colunas em jornais.

Trabalhou na Gazeta, na Band, na Record e, finalmente, em 2002, migrou para a RedeTV!

Icônico, folclórico, chegou a ser homenageado pelo humorístico “Tá No Ar”, da Globo, no início deste ano.

Recentemente, num raro momento de sinceridade no mundo das celebridades, admitiu ser alcoólatra famoso. “Comigo não tem isso de alcoólatra anônimo, não”, brincou.

“Mas bebida só fora do ar.”

Procurada, a RedeTV!, por meio de sua assessoria, não quis comentar o assunto.

Compartilhar