Comandante do Corpo de Bombeiros recebe homenagem na Câmara

Presidente Leo Prates conduziu sessão solene de outorga da Medalha Thomé de Souza ao coronel Telles

leo prates coronel

“Sempre busquei me colocar como instrumento a serviço da sociedade, do município que amo e do país. Vejo essa honraria como um reconhecimento do trabalho que todo grupamento dedica à população. Esse é um momento singular de reconhecimento”. Essas foram as palavras do comandante geral do Corpo de Bombeiros Militar do Estado da Bahia, coronel BM Francisco Luiz Telles de Macêdo, ao receber a medalha Thomé de Souza, na noite desta terça-feira (31), em sessão solene no Plenário Cosme de Farias.
Primeiro comandante do grupamento após a sua desvinculação da Polícia Militar, em 2015, o coronel Telles teve seu trabalho de fortalecimento e gestão do Corpo de Bombeiros reconhecido em uma sessão repleta de membros das Forças Armadas, políticos e representantes da sociedade civil. A atividade foi conduzida pelo presidente da Casa Legislativa, vereador Leo Prates (DEM). O presidente justificou a ausência do autor da proposição, vereador Carlos Muniz (Podemos).
“O comandante tem dado importante contribuição à segurança do nosso estado. É dele o Código de Segurança Contra Incêndio, o Fundo Estadual do Corpo de Bombeiros Militar da Bahia (Funebom) e sua Lei de Organização Básica. Só por essas contribuições ele já merecia uma homenagem desta Casa, mas a esse trabalho somamos a sua dedicação às causas sociais com importantes iniciativas desde que assumiu o grupamento”, destacou Leo Prates.
O coronel Francisco Luiz Telles de Macêdo, tem 43 anos de Polícia Militar e 12 deles dedicados aos Bombeiros. Foi comandante do Grupamento de Bombeiros de Jequié e de Feira de Santana. Além disso, atuou como coordenador das ações dos Bombeiros no Carnaval, do qual também participou como responsável pela instalação do modelo de gestão ainda em vigência.
“Ele para mim é um exemplo de liderança. O Corpo de Bombeiros é um grande parceiro no trato com a comunidade, levando educação cidadã para os bairros. O coronel é um exemplo de liderança porque traz a corporação para junto da comunidade”, apontou a vereadora Rogéria Santos (PRB).
O presidente Leo Prates também foi homenageado pelo coronel Telles que o entregou uma estatueta símbolo do Corpo de Bombeiros. À sua esposa, Kátia Telles, ele entregou flores em reconhecimento ao apoio dado à sua carreira.

PUBLICIDADE        

Homenagem

“Essa emancipação veio para fortalecer as duas instituições, pois cada um pode se especializar ainda mais em sua área de atuação. Em seu início o grupamento teve a felicidade de contar com a experiência de um dos mais antigos coronéis na ativa no Brasil e apesar de ser uma das mais jovens do país é uma das mais representativas”, afirmou o comandante da 6ª Região Militar, General de Divisão Joarez Alves Pereira Junior.
“O Corpo de Bombeiros cresceu a passos largos. O coronel Telles sempre teve esse dinamismo e velocidade que a instituição necessita”, destacou o subcomandante da Polícia Militar, coronel Antônio Reis.
O secretário estadual de Segurança Pública, Maurício Barbosa, disse que a divisão deu ao grupamento a oportunidade de caminhar sozinho e se fortalecer institucionalmente. “Essa homenagem ao coronel Telles vem num momento oportuno. Ele merece parabéns por toda sua trajetória e por sua atuação à frente do grupamento”, pontou o secretário.
O hino nacional e todas as músicas da sessão solene foram executadas pela Banda do Grupamento de Bombeiros Militares, sob regência do maestro Claudionor Gerônimo.
A mesa da atividade foi composta, ainda, pelo coronel aviador, comandante da Ala 14, José Henrique Kaipper; pelo capitão de Mar e Guerra, Rodrigo Otoch, representando o comandante do 2º Distrito Naval, vice-almirante Almir Garnier; pelo procurador de Justiça, Nivaldo Aquino, representando a procuradora-geral de Justiça do Estado da Bahia, Ediene Lousado e pelas secretárias estaduais de Promoção da Igualdade Racial, Fabya Reis, e, de Política para Mulheres, Julieta Palmeira.

 

Compartilhar