Graer realiza atualização para uso de aeronaves não tripuladas

drone treinamento ssp ba

O Grupamento Aéreo da Polícia Militar (Graer) realizou, na sede do grupamento, nas proximidades do Aeroporto Internacional de Salvador, na segunda-feira (23), ações educativas voltadas para a utilização de aeronaves não tripuladas (drones). A atualização, que faz parte do Sistema de Aeronaves Remotamente Pilotadas (RPAS), teve a participação de representantes das polícias Civil e Militar, Casa Militar, CCR/Metrô, dentre outras instituições.

PUBLICIDADE        

O comandante do Graer, tenente-coronel PM Renato Lima, detalhou o programa, composto por nove projetos e atividades responsáveis por manter as forças que integram a Secretaria da Segurança Pública (SSP) atualizadas. “Este conteúdo abraça doutrina, padronização, validação, atualização e manutenção do conhecimento de utilização de drones”, explicou.

O planejamento foi desenvolvido para que essas aeronaves remotamente tripuladas sejam introduzidas no âmbito da segurança pública de forma segura e permanente. “A inclusão de novas ferramentas implica em sua correta utilização”, garantiu o tenente-coronel Lima, ao observar que o uso de drones é validado pelo Graer e que a unidade segue no propósito de se manter modernizada.

O tenente-coronel enfatizou também que já foram capacitados 80 profissionais, por meio do Curso para Operadores de RPAS e que, “até 2018, esperamos preparar mais 100 pessoas”. Nas instalações do Batalhão de Choque, houve uma demonstração de voo de um nanodrone ou black hornet – equipamento de tamanho menor que o tradicional – guiada por um representante da Flir, empresa que domina a tecnologia.

Compartilhar