Câmara aprova implantação da Escola do Legislativo

Presidente Leo Prates assina convênio de parceria com o Senado Federal na próxima quarta-feira (14)

A Câmara Municipal de Salvador aprovou, na tarde desta segunda-feira (12), a implantação da Escola do Legislativo. A modalidade de ensino, que contemplará vereadores e servidores, será realizada inicialmente à distância através de convênio com o programa Interlegis do Senado Federal.

Após o parecer favorável do plenário, o presidente da Casa, vereador Leo Prates (DEM), viaja para Brasília na próxima quarta-feira (14) para assinar convênio de parceria com o Senado. Na Capital Federal, acompanhado da vereadora Marta Rodrigues (PT), o chefe do Legislativo de Salvador se reunirá com o diretor-executivo do Instituto Legislativo Brasileiro do Senado (ILB), Antônio Helder Mendes Rebouças.

PUBLICIDADE        

Segundo destaca Leo Prates, a implantação da Escola do Legislativo não trará custos para a Câmara.

Compartilhar