Belga é morto a facadas dentro de casa em condomínio de Vera Cruz

Vítima morava em condomínio com a mulher, uma brasileira, e a enteada. Esposa diz que belga foi esfaqueado por invasor

Um belga foi morto a facadas dentro de casa, em um condomínio no município de Vera Cruz, na madrugada desta terça-feira (25). O crime aconteceu no Loteamento Praia do Sol, na praia de Barra Grande, por volta da 0h.

De acordo com a 5ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM/Vera Cruz), a vítima tinha nacionalidade belga, e estava em casa acompanhado da mulher, que é brasileira, e da enteada.

A esposa de Louis Emile Ghislain Marot, 52 anos, relatou que estava cochilando na sala da residência quando uma pessoa pulou o muro e  invadiu a casa deles. O invador foi até o quarto onde o belga dormia, e esfaqueou Louis Emile no pescoço, duas vezes, antes de fugir com dois celulares.

O belga não resistiu aos ferimentos e morreu no local. Ainda segundo a PM, a dona de casa relatou que o casal morou inicialmente em um barco, e depois compraram a casa onde viviam atualmente, no condomínio em Barra Grande.

A mulher do belga foi encaminhada para a delegacia de Polícia Civil de Vera Cruz, que investiga o caso, para ser ouvida sobre o crime. O suposto invasor ainda não foi identificado pela polícia. O corpo de Louis Emile foi encaminhado ao Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Salvador, onde passará por perícia.

Compartilhar