Professores são impedidos de entrar à Câmara durante votação de Plano Municipal de Educação

Professores foram impedidos de entrar à casa legislativa graças a uma reforma na galeria do plenário

professores cms

Uma confusão envolvendo professores municipais e vereadores tomou conta da entrada da Câmara na tarde desta quarta-feira (08), dia marcado para votação do Plano Municipal de Educação. Os profissionais foram impedidos de entrar à casa legislativa graças a uma reforma na galeria do plenário. Bastante aplaudido, o vereador Hilton Coelho (PSOL) criticou a situação.

“Não foram os educadores que construíram o Plano Municipal de Educação. Estamos aqui para acompanhar a votação do plano. Nossa presença não vai ser possível por conta de uma pintura na galeria”, disse o professor municipal Antonio Carlos. Fazendo parte da base de Neto, Joceval Rodrigues (PPS) disse que não concordava com a sessão ocorrer sem a presença dos educadores.

“Com certeza, professor, não (haverá votação do plano). Isso são industriários do caos que querem tirar lucro do caos. Como todos os projetos aqui foram aprovados com discussão, esse também está sendo discutido”, disse Joceval.

Compartilhar