Especulado à presidência, ACM Neto terá destaque em propaganda partidária do DEM

Prefeito de Salvador é candidato à reeleição, apesar de ainda negar

O DEM foi beneficiado por uma coincidência de calendário e nesta quinta-feira (13) exibirá sua propaganda partidária a 72 horas da votação do pedido de impeachment na Câmara. A peça tem dez minutos, dos quais 60% são dedicados a pregar o impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT) e saudar a chegada de “um novo governo”, sem mencionar o nome do vice-presidente Michel Temer.

De acordo com o colunista Josias de Souza, Lula, Dilma e o PT só não apanharão por 10 minutos porque a legenda dedicou cerca de quatro minutos para trombetear a gestão de ACM Neto na prefeitura de Salvador. Neto, como se sabe, é candidato à reeleição. Em 2018, deve disputar o governo da Bahia em coligação com o PMDB do ex-ministro Geddel Vieira Lima, amigo de Michel Temer.

Vale lembrar que na semana passada boatos colocaram ACM Neto como nome forte do DEM para disputar eventuais eleições gerais. Em coletiva, Neto desconversou sobre o assunto e disse chamou de “especulação”. Ele também negou que seja candidato, mas avisou que não desistiria da disputa pela reeleição por conta da crise. “Se fosse assim não teria assumido em 2012, quando a Prefeitura estava afogada em dívidas”.

 

Compartilhar