O Brasil quer mudança

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB) ao lado do presidente nacional do partido, senador Aécio Neves (MG) foram hostilizados na manifestação na Avenida Paulista, em São Paulo, contra o governo Dilma Rousseff, neste domingo (13), pedindo o impeachment da presiden (Foto: Filipe Araújo/Estadão Conteúdo)
O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB) ao lado do presidente nacional do partido, senador Aécio Neves (MG) foram hostilizados durante manifestação na Avenida Paulista, em São Paulo, contra o governo Dilma Rousseff, neste domingo (13), pedindo o impeachment da presidente (Foto: Filipe Araújo/Estadão Conteúdo)

Algo diferente aconteceu. Os brasileiros querem mudança, e não simples alterações partidárias. Em diversas capitais, o povo levantou a voz e expulsou os oportunistas durante esse domingo de manifestações, políticos de oposição e governo tentaram aproveitar a onda, mas foram jogados na areia salgada da consciência. O basta foi dado a política nacional, e mais claro; sem exceções à interesseiros que com nomes envoltos em recentes denúncias, tentavam aproveitar o sabor da movimentação. Buscar em primeiro lugar a mudança de intelecto, entender o Brasil e acabar com o egoísmo, são os principais pontos que com certeza mudarão a política brasileira.

Compartilhar